Magos do Oriente

5.9.13 |



Não amiguinho, ainda não é natal! Esses dias eu estava assistindo uma pregação que passou pelo texto da visita dos “três reis” magos a Jesus. Pus três e reis entre aspas porque é comum ensinarem que esses homens eram reis e que eram três, mas a bíblia jamais diz isso. O que a bíblia diz é que eles eram magos do oriente, e isso é o que me intrigou. Você já parou para pensar nisso?

Vamos ao que a bíblia diz. As escrituras dizem que eles vieram do oriente (“E, tendo nascido Jesus em Belém de Judéia, no tempo do rei Herodes, eis que uns magos vieram do oriente a Jerusalém” Mt 2:1). Em nenhum momento a bíblia se refere a eles como reis. Apenas como magos. E porque três? Isso vem da quantidade de presentes que esses homens deram a Jesus (“E, entrando na casa, acharam o menino com Maria sua mãe e, prostrando-se, o adoraram; e abrindo os seus tesouros, ofertaram-lhe dádivas: ouro, incenso e mirra” Mt 2:11). Mas você vai concordar comigo que o número de presentes não reflete necessariamente o número de pessoas que os ofertaram. Só podemos dizer que eram mais de um.

Agora nos atentemos ao que realmente me chamou a atenção. Como assim eles eram magos do oriente? Sabe a importância de notar que esses homens eram do oriente? Porque diferente de mim e de você meu amigo, esses senhores não tinham internet ou a bíblia espalhada por aí. Se eles vinham do oriente, podemos inferir que eles não eram judeus. Mas mesmo assim esses homens vieram à Jerusalém, guiados por uma estrela, para conhecer e adorar aquele que nascera com o título dado por eles mesmo Rei dos Judeus (“Dizendo: Onde está aquele que é nascido rei dos judeus? porque vimos a sua estrela no oriente, e viemos a adorá-lo” Mt 2:2). Isso é fantástico! Mestres judeus não estavam ali. Nem mesmo um sacerdote judeu. Apenas pastores de ovelhas que foram avisados pelos próprios anjos (Lc 2:7-12). O que nenhum judeu entendeu, ou creu, das profecias advindas dos grandes profetas de sua tradição, esses magos do oriente entenderam, creram e vieram para adorar a Jesus.

Mas eles eram magos? Como assim? Magos? Esse termo me intriga muito. Pesquisei em alguns lugares. E a maioria parece concordar que o termo mago vem de “magi” que era o termo persa para se referir a homens sábios. No entanto em Êxodo quando Moisés e Arão realizam as maravilhas e Deus assola o Egito com as pragas para Faraó libertasse os hebreus, as escrituras relatam que muitas das coisas que os Moisés fez os magos do Egito também o fizeram. Sim, a bíblia diz que os magos do Egito transformaram cajados em serpentes, água em sangue, reproduziram a praga dos rãs. Não sei se os magos do oriente citados pelo evangelista Mateus eram do mesmo tipo de magos. Mas uma coisa é certa. Eles de fato eram homens com fé no Deus Jeová. Pois creram sem nem mesmo serem judeus que a salvação vinha dos judeus. (“Eu o vejo, mas não agora; eu o avisto, mas não de perto. Uma estrela surgirá de Jacó; um cetro se levantará de Israel. Ele esmagará as frontes de Moabe e o crânio de todos os descendentes de Sete” Nm 24:17). A revelação de Deus para esses homens e a fé que eles tiveram é realmente algo extraordinário. Por causa de sua fé eles tiveram a oportunidade de ver o menino Jesus e adorá-lo face a face. Que sirva de fonte de inspiração e fortalecimento de nossa fé. Que sejamos àqueles bem aventurados que Jesus se refere quando falava com Tomé “Porque me viste, Tomé, creste; bem-aventurados os que não viram e creram. Jo 20:29”.


Ronan Valverde Medeiros

Ronan Valverde Medeiros

Sou químico, e não, eu não sei fazer uma bomba e nem tenho porque saber. Meu nome é Ronan Valverde Medeiros, moro em Viçosa-MG, mas estou sempre em Vitória-ES.

Leia mais textos de Ronan

  • rss

Todos os textos e imagens de JuveMetodistaBLOG são licenciados sob uma Licença Creative Commons. Clique aqui para saber mais sobre isso.
Leia também:
2leep.com
Deixe seu comentário!

Postar um comentário

Olá, ficamos felizes com sua visita no JuveMetodista BLOG! Obrigado por ler este post! Aproveite sua visita e deixe um comentário! Forte abraço!

Página Anterior Próxima Página