Obedeci! Cadê a bonança?

22.7.13 |


E logo ordenou Jesus que os seus discípulos entrassem no barco, e fossem adiante para o outro lado, enquanto despedia a multidão. E, despedida a multidão, subiu ao monte para orar, à parte. E, chegada já a tarde, estava ali só. E o barco estava já no meio do mar, açoitado pelas ondas; porque o vento era contrário”. [Mateus 14:22-24]

Em MT 14.22-33 se encontra a passagem em que Jesus anda por sobre as águas e vai ao encontro de seus discípulos que estavam em um barquinho no meio da tempestade. A história conta que Pedro, ao ver Jesus, pediu que fosse ao encontro do Mestre também por sobre as águas, mas afundou no meio do caminho devido ao medo, sendo socorrido pelo Mestre.

Baseado no texto acima, existem dois pontos que me chamaram muita atenção e que gostaria de compartilhar com vocês:

O primeiro ponto é que a viagem dos discípulos foi uma ordem de Jesus. Podemos pensar que parte dos discípulos preferisse descansar ali aquela noite, esperar o amanhecer para seguir viagem, seguiu viagem contra vontade, mas todos eles obedeceram uma ordem de seu mestre de seguir viagem mar adentro.

O segundo ponto é que os discípulos, no decorrer da viagem, encontraram o vento contrário que quase promoveu o naufrágio daquela embarcação. Uma vez que Jesus não estava com eles, pois havia ficado à margem para orar, especulo que alguns deles deviam ter pensado: “Jesus manda a gente pegar esta tempestade, mas ele mesmo, que devia estar aqui conosco, não está”. 

Estas duas situações que aconteceram com os discípulos ocorrem muito conosco, em nossos dias. Quantas vezes temos a orientação de Deus, uma ordem do alto para tomar uma decisão e, uma vez seguida esta orientação, parece que tudo fica mais difícil, o vento fica contrário. Nossa natureza humana tende a pensar que estamos desamparados e que a orientação que recebemos foi coisa da nossa cabeça! Passamos por grandes lutas e questionamos que Deus deveria dar melhores condições para que cumpríssemos a ordenança.

Uma coisa que me deixou com a pulga atrás da orelha depois de avaliar isto tudo: sabe aqueles momentos de farisaísmo em que apontamos outros e afirmamos que “irmãozinho está em luta por que abandonou a Deus e a mão do Senhor está pesando”? Já pensou que em muitos destes momentos a luta do irmão é justamente porque ele decidiu obedecer e seguir diligentemente a Deus? 

Estas situações acontecem porque o curso de Deus está totalmente distante do curso da lógica humana. Tudo o que Deus quer em louvor d’Ele está totalmente distante do que o mundo espera de nós! Perseverança é o segredo da fidelidade de Deus e os benefícios de permanecer firme nos sonhos de Deus são incontáveis, terás uma fé mais forte, relacionamento íntimo com Deus e um coração pleno.


Eliézer Gomes

Eliézer Gomes

Publicitário, casado, músico por hobby, ministro de louvor, apaixonado pela escrita e agora, tentando ser blogueiro.

Leia mais textos de Eliézer

  • Google Plus
  • rss

Todos os textos e imagens de JuveMetodistaBLOG são licenciados sob uma Licença Creative Commons. Clique aqui para saber mais sobre isso.
Leia também:
2leep.com
Deixe seu comentário!

Postar um comentário

Olá, ficamos felizes com sua visita no JuveMetodista BLOG! Obrigado por ler este post! Aproveite sua visita e deixe um comentário! Forte abraço!

Página Anterior Próxima Página