Ô fi, tá frio?

28.6.13 |


Brrr!
E chega o auge do clima tão esperado por alguns, e não tão esperado por outros (tipo eu). 
“Ô fi, tá com frio?” perguntei isso, ironicamente, a uma amiga em uma dessas tardes cinzentas e frias...

Como é bom estarmos agasalhados nesta época do ano, ter um chuveiro quentinho e uma caminha gostosa pra recostar a cabeça à noite. E ainda , algumas pessoas, terem a bênção de pertencer a um outrem e contar com ele(a) para aquecer e ser aquecido. 

Mas não, não vou falar do inverno e seus pontos positivos e negativos. Muito menos das cinco maneiras de um solteiro se esquentar com água quente e garrafas pet... rs.

O frio me faz lembrar o povo Israelita no deserto. Aquela região desértica tem temperaturas que variam entre –9° à noite, após um calor de até 47° durante o dia.

E, durante 40 dias, o povo esteve nele, experimentando o sol e o frio; e todos os dias havia uma coluna de nuvem durante o dia e de fogo durante a noite para guiá-los (além de todas as outras manifestações de zêlo dadas por Deus!)

Que cuidado! Um povo que vivia murmurando, fazendo o que eu chamaria de ¨pirraça gospel¨ dos dias de hoje, provava de um imenso amor e cuidado de Deus.

Mesmo em meio às nossas lutas, sempre provamos do Seu sustento!

Li uma frase bacana no livro “A Cabana”- Willian P. Young: 
Ainda acho que precisamos conhecer o inverno para compreender o verão, assim como é necessário passar por momentos de tristeza profunda para conseguir identificar e valorizar a felicidade quando ela chegar.

Assim como os frios dias de inverno incomodam aqueles apaixonados pelo calor e sua energia, os dias quentes, para outros, trazem incômodo sem medida.

E assim como Deus foi fiel com Seu povo nos momentos de mudanças extremas de temperatura, é importante ressalvar que, mais do que isso, Ele estava presente em um momento de completa mudança na vida dos Israelitas. 

O que eu quero dizer é que, ainda que determinados lugares e determinadas situações que eles passaram, possam ter sido mais difíceis para uns do que para outros (não só as condições climáticas), Ele estava lá a todo instante, sendo fiel a eles, suprindo as necessidades básicas de todo o povo para que atravessassem aquela situação tendo a garantia de Seu cuidado, até o momento de uma nova mudança. 

E é assim que vejo Deus conosco: entram períodos e encerram-se períodos em nossas vidas, sejam eles agradáveis ou não, podemos sempre contar com Sua imensa fidelidade que independe da nossa; podemos contar com Seu tratamento de Pai que vem para nos moldar; podemos contar com Sua graça que, por misericórdia, nos sustenta, nos protege e nos disciplina sempre. 

"Mas tu, Senhor, és Deus compassivo e misericordioso, muito paciente, rico em amor e em fidelidade." - Sl 86.15

Deus te abençoe,
forte abraço.



Lara Souza

Lara Souza

Meu nome é Lara (A pequena, Larinha, Laranafe..), como quiserem! Nasci em 1991, de Caratinga/MG. Sou mais uma que se esforça para agradar a Deus.

Leia mais textos de Lara

  • rss

Todos os textos e imagens de JuveMetodistaBLOG são licenciados sob uma Licença Creative Commons. Clique aqui para saber mais sobre isso.
Leia também:
2leep.com
Deixe seu comentário!

Postar um comentário

Olá, ficamos felizes com sua visita no JuveMetodista BLOG! Obrigado por ler este post! Aproveite sua visita e deixe um comentário! Forte abraço!

Página Anterior Próxima Página