Obesidade Espiritual

14.5.13 |


Conceitualmente obesidade é o excesso de gordura no corpo e que caracteriza o indivíduo como muito gordo. O excesso de peso expõe uma pessoa a vários problemas de saúde, como hipertensão e diabetes, entre vários outros. Entre as principais causas que contribuem para a obesidade, estão: má alimentação, sedentarismo e stress. 

Ao pensar um pouco sobre isso, percebi que em nossa vida espiritual não é diferente. É como se existisse uma espécie de obesidade espiritual. Vamos partir do raciocínio de que precisamos nos alimentar para sobreviver, mas, se comermos demais e não nos exercitarmos, ganhamos massa, não queimamos a gordura e vamos engordando. À medida que engordamos e não fazemos exercício, aumentamos nossa indisposição e a acomodação. 

De tal maneira, a saúde vai ficando cada vez mais debilitada e a possibilidade de adquirir uma doença só aumenta. Se a possibilidade de adquirir uma doença aumenta, a hora da morte fica ainda mais perto. Restam, então, duas opções: a morte fulminante com alguma veia entupida de gordura, ou a morte lenta, que já matou há tempos, mas o corpo permanece de pé, se deteriorando pouco a pouco. 

Agora vamos levar para o lado espiritual. O Alimento é a palavra de Deus. Ler a bíblia traz intimidade com Deus e conhecimento de Deus, o que é muito bom. Logo, dá vontade de ler mais a Bíblia. Então lemos mais a bíblia, mas, em vez de nos exercitarmos (trabalhar para Deus, dar um bom testemunho e etc), nós apenas “comemos”. Se apenas lermos, frequentarmos os bancos das igrejas, vamos nos tornar obesos espirituais: temos conhecimento, mas não praticamos o que Deus quer para nossas vidas e ficamos cada vez mais cansados e indispostos dentro das igrejas. Como aquele “gordinho” que já se acomodou com seu peso descomunal e não quer fazer uma dieta ou exercício físico para tentar se manter saudável. De um modo parecido, espiritualmente, nos acomodamos e não buscamos mais a proximidade com o pai e o desejo de ser “saudável”, tendo uma vida dependente de Deus.

Como lembrou meu amigo Eliezer, comentando meu último texto, a fé sem obras é morta. Isso está escrito lá em Tiago 2.26. Para refletir: como você está “fisicamente”? Magrinho? Saradão? Gordinho? Gordão? Bombado (não vale)?

PS: Há casos e casos de obesidade. Aqui foi registrado apenas mais um de meus devaneios. Nada preconceituoso contra quem está acima do peso ou qualquer coisa. Até porque... sou gordo. Qualquer situação parecida com o texto acima é mera coincidência.

Filipe Souza

Filipe Souza

Cristão, jornalista e observador. Quero apenas aprender com tudo que acontece ao meu redor e poder compartilhar isso com as pessoas. É isso!

Leia mais textos de Filipe

  • Google Plus
  • rss

Todos os textos e imagens de JuveMetodistaBLOG são licenciados sob uma Licença Creative Commons. Clique aqui para saber mais sobre isso.
Leia também:
2leep.com
Deixe seu comentário!

3 comentários

lisieux

è isso aí, Filipe! Também acho que a gente precisa, urgentemente, de um regime, ou então, como disse Lili, dividir a "comida" pra não engordarmos tanto, sem alimentar os outros... Gostei muito do texto! Abração!

Talita Cellia
Este comentário foi removido pelo autor.
Filipe Souza

Vamos cair pra dentro dessa dieta pastora!!!! Bjos

Postar um comentário

Olá, ficamos felizes com sua visita no JuveMetodista BLOG! Obrigado por ler este post! Aproveite sua visita e deixe um comentário! Forte abraço!

Página Anterior Próxima Página