O que priorizo

19.4.13 |


Sou imensamente fã de um filósofo brasileiro, mestre e doutor em Educação, chamado Mario Sergio Cortella. Em uma palestra sua, ouvi uma frase que muito acrescentou em minha vida e me pôs a pensar: “Tempo é questão de prioridade. Quando você diz que não tem tempo para algo, você está dizendo que aquilo não tem prioridade para você.”

Se você refletir sobre o assunto, verá que é algo lógico e verdadeiro. Mas, veja bem, meu amigo, como isso vai de encontro a uma de nossas desculpas favoritas para sermos preguiçosos, relapsos e negligentes, que é: “não tenho tempo para isso”.

Existe uma expressão incrivelmente comum que é, inclusive, o ápice da aceitação desse lastimável estilo de vida que é: “vou empurrando com a barriga”. Em outras palavras, o indivíduo tem tanto descaso para com o que está fazendo que,em vez de empurrar com as mãos, ele usa a própria barriga.

Citarei outro filósofo, a pessoa que a bíblia considera o homem mais sábio que já passou pela Terra, que nos ensina através de uma analogia simples: “Vai ter com a formiga, ó preguiçoso; olha para os seus caminhos, e sê sábio.” - Provérbios 6:6

Jean de La Fontaine usa a formiga para fazer a mesma analogia, em sua famosa fábula conhecida aqui no Brasil como “A cigarra e a formiga”. Formigas nunca param para descansar. São primorosas em seus serviços e responsabilidades.

Existem duas coisas que aprendo com essas reflexões:

A primeira é que, assim como a palavra de Deus nos ensina, devemos buscar o Reino de Deus e a Sua justiça em primeiro lugar. E se assim não tem sido em minha vida, se não vou à igreja, se não leio a bíblia, se não oro, se não jejuo, se não O busco, é porque outra coisa eu tenho feito em vez disso. E, a desculpa mais comum que ouço para justificar a falta de alguém quanto a essas coisas, é “não tenho tempo”. Isso significa que não priorizamos isso em nossas vidas. Reflita!

Em segundo lugar, a palavra de Deus nos instrui que devemos “fazer tudo para a glória de Deus” (1Co 10:31b). Se é para Deus, não podemos fazer desleixadamente, preguiçosamente, temos que priorizar. Acompanhe o raciocínio: Nosso alvo é sermos como Jesus, o único homem que foi, em tudo, perfeito. Portanto, nosso alvo é a perfeição. Sabemos que o que nos afasta disso e das coisas de Deus é o pecado; e que todos nós somos pecadores e sempre o seremos, até que sejamos glorificados no grande dia, feitos um com o Pai. Mas isso não exclui nosso alvo, o nosso objetivo. É a perfeição! A perfeição no buscar a Deus, no servir, no estudo, no amar, no relaxar, no viver... em tudo, pois tudo é para a glória de Deus. Mas como sermos perfeitos sendo imperfeitos? É simples de entender, difícil de fazer. É fazer tudo quanto estiver ao nosso alcance e da melhor forma possível. Hoje, melhor que ontem e amanhã, melhor que agora. Assim estamos sempre dando um passo adianta e nunca conformados com o que temos e o que somos.

Dentro dessa visão, vou trazer mais uma reflexão de Cortella sobre o assunto. Em seu discurso, ele afirma que devemos recusar a mediocridade, sendo caprichosos em tudo que fizermos. E capricho “é você fazer o seu melhor nas condições que você tem, até que não existam condições melhores para que se faça melhor ainda”.

Deixe a preguiça de lado! A preguiça não tem lugar para aqueles que fazem parte do reino de Deus. Faça o seu melhor e faça para Deus!

Ronan Valverde Medeiros

Ronan Valverde Medeiros

Sou químico, e não, eu não sei fazer uma bomba e nem tenho porque saber. Meu nome é Ronan Valverde Medeiros, moro em Viçosa-MG, mas estou sempre em Vitória-ES.

Leia mais textos de Ronan

  • rss

Todos os textos e imagens de JuveMetodistaBLOG são licenciados sob uma Licença Creative Commons. Clique aqui para saber mais sobre isso.
Leia também:
2leep.com
Deixe seu comentário!

Postar um comentário

Olá, ficamos felizes com sua visita no JuveMetodista BLOG! Obrigado por ler este post! Aproveite sua visita e deixe um comentário! Forte abraço!

Página Anterior Próxima Página