As batidas do meu coração

1.4.13 |


Não é raro a imagem do amor ser um coração. Quando queremos demonstrar o quanto algo ou alguém é importante para nós, utilizamos um desenho figurativo do coração. É... um desenho não tão real, já que o órgão é bem diferente. Mas, de modo que todos entendem, uma figura que consegue mostrar o quão verdadeiro é o que dizemos pois no coração guardamos o que amamos e os nossos mais belos sentimentos.

De modo geral, entendemos que o coração representa a vida e dali, então, partem os sentimentos, pensamentos, vontades, etc. Mas, será mesmo que sempre "ouvimos" nosso coração antes de tomar decisões? E será que colocamos em nosso coração apenas o que é importante? Será que, talvez, não invertemos algumas coisas e preferimos guardar o que é ruim enquanto deixamos algo bom de fora?

Minha mãe sempre insiste para que eu me divirta onde estiver. Se estou numa roça ou numa metrópole, cercada de amigos ou em meio a mil desconhecidos, num lugar novo ou na casa em que vivi desde que nasci, perto ou longe do marido e de familiares... Entendo que ela diz isso pra que eu seja sempre agradecida; entretanto, o que ela também me ensina com isso é que eu viva buscando o que cada momento pode me proporcionar de bom. E, pra viver, ali deve estar o meu coração, pronto a perceber algo legal.

Tenho analisado bastante as atitudes de meus alunos. Hoje, leciono Química para turmas de Ensino médio (regular- adolescentes e EJA - jovens e adultos). Para isso, já passei pelo ensino fundamental, médio, cursinho pré-vestibular e ensino superior. Costumo dizer que se eu tivesse que estudar tudo isso novamente eu faria bem diferente: colocaria mais do meu coração. Como agora estou ensinando, vejo como é importante estudar, buscar aprender algo novo. Entre meus alunos, vejo que poucos realmente estão VIVENDO aquela aula; poucos discutem, questionam, debatem, usam aquele momento pra crescer, enquanto muitos aguardam ansiosamente o "sinal bater"; poucos estão com o coração ali.

E, em nossas amizades, também é possível que tenhamos deixado muitos bons momentos passarem despercebidos; não demos o real valor a um amigo, a uma conversa e hoje sentimos falta. Se nosso coração estivesse ali, a lembrança seria mais doce. Nosso trabalho pode ser muito mais prazeroso se o fizermos com o coração. Momentos com nossos pais, nossa família, com certeza são mais gostosos quando estamos dispostos a vivê-los de coração. Assim como nossa vida com Deus só faz sentido se o nosso coração estiver buscando a Deus. 

"Sobre tudo o que se deve guardar, guarda o teu coração, porque dele procedem as fontes da vida." (Provérbios 4.23)

Quando, na bíblia, é falado para guardarmos a Palavra de Deus, seus ensinamentos, algo de muito valor para nós, diz que o devemos guardar no coração.

"Não os deixes (os ensinamentos) apartarem-se dos teus olhos; guarda-os no mais íntimo do teu coração." (Provérbios 4.21)

Quando formos escolher o que vamos guardar em nossos corações, devemos preferir as melhores coisas. Guardar o amor e jogar fora o ódio; guardar os ensinamentos, amigos, família, Deus, a paz, a verdade, sorrisos, o AMOR. E, assim, nossa vida será regida por esses bons sentimentos, bons pensamentos e boas vontades.

Guarde o bem em seu coração e VIVA bem.


Talita Cellia

Talita Cellia

Sou a Talita, 20 e poucos anos e quase professora de Química. Vivendo em Vitória/ES. E meus amores são família, amigos, música e, acima de tudo, Papai do Céu.

Leia mais textos de Talita

  • rss


Todos os textos e imagens de JuveMetodistaBLOG são licenciados sob uma Licença Creative Commons. Clique aqui para saber mais sobre isso.
Leia também:
2leep.com
Deixe seu comentário!

Postar um comentário

Olá, ficamos felizes com sua visita no JuveMetodista BLOG! Obrigado por ler este post! Aproveite sua visita e deixe um comentário! Forte abraço!

Página Anterior Próxima Página