Tem que fazer. Com esforço pra que seja o melhor!

11.3.13 |


Eu estava caminhando de volta à minha casa após ter participado da Escola Dominical. Logo na primeira quadra depois da igreja, ouvi um grupo de vozes acompanhadas de um violão e um instrumento de percussão cantar esta música (exatamente a partir da parte descrita):

"Entra na minha casa

entra na minha vida
mexe com minha estrutura
sara todas as feridas..."


Fiquei curiosa pra ver de onde vinha aquele som. E, logo ao chegar na esquina, pude ver que as pessoas cantavam na praça mesmo, para um grupo de moradores de rua - uns seis que sempre estão por ali - que, sentados, ouviam a canção. Alguns olhavam para aqueles que cantavam; outros permaneciam de cabeça baixa e um estava longe, deitado na outra esquina.

Assim que vi essa cena, um turbilhão de pensamentos surgiu em minha mente, porém um permaneceu durante a semana e me deixou atenta a outras situações.

Imagina se dentre os moradores de rua há um super cético que se levanta e questiona em qual CASA o Senhor vai entrar, já que eles não têm uma casa. Acredito que a intenção daqueles que se dispuseram a evangelizar àquela hora, mesmo que estivessem com fome (porque era horário de almoço...) e tivessem outras coisas pra fazer em casa ou apenas abriram mão de estar 'de pernas pro ar' era a melhor possível; queriam que aqueles, que parece, até tinham envolvimento com drogas, conhecessem Jesus e pudessem ter suas vidas transformadas.

Mas tinha que ser aquela música? Com aquela letra? Querer que alguém que não tem casa diga 'entra na minha casa'? Lembrei-me de uma série que o Luiz Fernando fez aqui no JuveMetodistaBLOG há um tempo... "Ah, é pra Deus!" especialmente a parte 2, que também falava mais ou menos sobre estes meus pensamentos.

Quantas vezes pensamos em fazer algo pra Deus, entretanto não temos o cuidado, o zelo de fazer com que tudo, além do amor, tenha coerência?

Será que ainda pensamos que é melhor fazer de qualquer jeito do que não fazer?

Isso não tem muito uma cara de desculpa pra não gastar um tempo se preparando, investindo no que é realmente pra Deus?

Quando Davi instruiu Salomão sobre a construção do Templo, um serviço para o Senhor, ele disse: "ESFORÇA-TE E TEM BOM ÂNIMO; E FAZE A OBRA" (I Crônicas 28.20a). Mais do que querer fazer, devemos nos esforçar; isso significa nos empenharmos para que o trabalho seja feito da melhor maneira, do jeito certo. Além da intenção do nosso coração em fazer para Deus, o empenho em fazer o melhor que pudermos e de acordo com a finalidade específica.

Se for falar a um drogado, que haja preparo nesse sentido. Numa visita a uma família que está enfrentando uma dor pela morte de alguém; observe o que vai dizer. Se vai se encontrar e conversar com um amigo que conhece a verdade mas está afastado, peça sabedoria a Deus. Se é um culto de agradecimento, uma família recebeu uma bênção, uma criança que nasceu com saúde; vamos falar de acordo com isso e, pra isso, devemos buscar direcionamento de Deus. Também não devemos deixar de fazer e, sim, preferir buscar aprender com o Senhor em todos os momentos e estar preparados para cumprir o chamado. Creio que temos capacidade para evangelizar e fazer a obra de maneira correta, com sabedoria.

Depois de tudo, chego a uma conclusão: só vamos aprender a fazer a obra de Deus de maneira correta, coerente e que O agrade, quando buscarmos sabedoria através d'Ele.

"E, se algum de vós tem falta de sabedoria, peça-a a Deus..." [Tiago1.5]

Abraço!


Talita Cellia

Talita Cellia

Sou a Talita, 20 e poucos anos e quase professora de Química. Vivendo em Vitória/ES. E meus amores são família, amigos, música e, acima de tudo, Papai do Céu.

Leia mais textos de Talita

  • rss


Todos os textos e imagens de JuveMetodistaBLOG são licenciados sob uma Licença Creative Commons. Clique aqui para saber mais sobre isso.
Leia também:
2leep.com
Deixe seu comentário!

Postar um comentário

Olá, ficamos felizes com sua visita no JuveMetodista BLOG! Obrigado por ler este post! Aproveite sua visita e deixe um comentário! Forte abraço!

Página Anterior Próxima Página