Deixe viver, deixe ficar, deixe estar como está?

22.3.13 |


O dia seis de março praticamente parou para vários jovens e adolescentes que curtem o estilo alternativo da banda Charlie Brown Junior, quando receberam a notícia da morte do vocalista Chorão. 

Algumas emissoras de TV passavam informações da sua morte a todo instante. As redes sociais ficaram abarrotadas de trechos de músicas e consolo mútuo. O escândalo das fotos tiradas no apartamento em que foi encontrado e a entrevista dada por sua ex-esposa, revelando seu problema com as drogas, também tomou grande repercussão. 

Mas o que me intrigou naquele dia, não foi só a morte de um cara que marcou minha fase adolescente, mas os diversos comentários críticos feitos por tanta gente que conhece a palavra de Deus e o sentido dela. 

Fiquei triste e um pouco envergonhada com alguns casos em que as pessoas focaram a imagem do cantor pecador, usuário de droga, rebelde e brigão... E elevando, claro, a imagem de Jesus: santo, imaculado, que ressuscitou e ninguém precisou dizer “meu ídolo morreu de overdose", aquele que Me salvou e Te salvou amado irmão em Cristo (e ponto!)

E isso tudo me fez pensar em como têm sido nossas atitudes diárias diante do pecador que carece da presença de Deus. Daquele que carece de Sua imensa misericórdia e graça. Aquele que precisa de mim e de você, para receber essa palavra que encontrou morada em nós e que quer fazer morada em todos. 

Estamos tão despreparados para ir ao encontro dessas pessoas. Estamos tão cingidos de preconceitos, evitando olhar e tocar no “imundo”, “sujo” e “doente” . Esquecemos que Jesus vem exatamente para o impuro, o caído, o pecador. Ou seja, Ele vem pra mim, para você e os demais. Até para o Chorão!

Quais então, têm sido nossas atitudes diante dessas situações? 
E, em particular dessa, as atitudes que tomamos diante dos fãs? 

Não estou aqui defendendo nenhuma causa. Até porque, não conheço nada da vida do cantor; só sei o que foi falado por aqueles que o conheceram e pelos fatos que vieram à tona. 
Estou falando sobre algumas posturas que tomamos em determinadas situações; ao invés de pormos em prática o que muito lemos e buscamos, não o fazemos. 

Neste caso, postura que vai contra um trecho tão conhecido por nós, dito por Tiago: “Sejam tardios no falar”. (1.19). 

Quão necessário é que sejam quebrados em nós paradigmas e pensamentos, pra podermos enxergar nossa real função de Servos, Filhos de Deus, instrumentos d'Ele, geração eleita para levar a Boa Nova... e não de Juízes equivocados, egoístas e hipócritas. 

Tanta gente equivocada faz mau uso da palavra
Falam, falam o tempo todo, mas não têm nada a dizer
” [Charlie Brown Jr.]

Deus nos abençoe, 
forte abraço!

Lara Souza

Lara Souza

Meu nome é Lara (A pequena, Larinha, Laranafe..), como quiserem! Nasci em 1991, de Caratinga/MG. Sou mais uma que se esforça para agradar a Deus.

Leia mais textos de Lara

  • rss

Todos os textos e imagens de JuveMetodistaBLOG são licenciados sob uma Licença Creative Commons. Clique aqui para saber mais sobre isso.
Leia também:
2leep.com
Deixe seu comentário!

Postar um comentário

Olá, ficamos felizes com sua visita no JuveMetodista BLOG! Obrigado por ler este post! Aproveite sua visita e deixe um comentário! Forte abraço!

Página Anterior Próxima Página