A cruz está vazia. Mas não podemos lembrar disso apenas uma vez no ano.

26.3.13 |


Pra começar, toda semana é santa. Mas enfim, caminhamos para mais uma semana simbólica (afinal ninguém sabe, ao certo, a verdadeira data em que Jesus ressuscitou), em que, no Domingo de Páscoa, vamos recordar o calvário que Cristo passou por nós. Acho tão lindos nossos cultos especiais com teatros, corais e toda e qualquer manifestação que faz de nós tão santos a ponto de pensar nisso apenas uma vez no ano.

Nada contra nossas manifestações lúdicas criativas para relembrar o que aconteceu há 2013 anos. Entretanto, não podemos nos lembrar da cruz, que está vazia, apenas em uma data simbólica. Também não sou contra termos tal data simbólica. Mas é fundamental para qualquer cristão recordar o sacrifício na cruz todos os dias. 

Enquanto vivemos nossas vidas mesquinhas e egoístas, deveríamos lembrar que teve alguém que MORREU, sim MORREU, por nossa causa. O motivo? Ta lá em Isaías, no capítulo 53, versículos 4 e 5: “Verdadeiramente ele tomou sobre si as nossas enfermidades, e as nossas dores levou sobre si; e nós o reputávamos por aflito, ferido de Deus, e oprimido. Mas ele foi ferido por causa das nossas transgressões, e moído por causa das nossas iniquidades; o castigo que nos traz a paz estava sobre ele, e pelas suas pisaduras fomos sarados”.

Morreu para que fôssemos livres. Livre pra correr, livre pra dançar, mas também livre pra viver pra Ele. Não estamos fadados a sermos apenas a geração que dança. Seria muito pouco para deixar feliz alguém que deu sua vida por nós. Onde está o viver pra Ele? O ide? O amor? Mas não, ficamos restritos a reclamar que o culto passou da hora, da palavra do pastor que não nos agradou, da bateria alta no momento dos cânticos, de vigiar quem estava com os olhos abertos na hora da oração, ou mesmo saber o pecado do irmão que foi ao altar na hora do apelo.

Vamos lembrar da morte de Cristo sim. Mas, ainda melhor, vamos lembrar que ele RESSUSCITOU e venceu a morte. Vamos lembrar que n'Ele somos mais que vencedores. Vamos comemorar, vamos celebrar. Mas vamos fazer mais. Podemos fazer bem mais do que temos feito. Não vamos nos lembrar de Cristo apenas na Páscoa.

Mas, pensando melhor... Não, isso não deve acontecer próximo a vocês. Acho que ninguém vai compartilhar desses meus sentimentos. Essas coisas devem acontecer apenas nos péssimos lugares que eu tenho frequentado aqui na sonífera ilha de Vitória. Esqueçam tudo que está escrito e, no domingo, não exagerem nos chocolates.

Fica a sugestão pra quem quiser refletir um pouco. Pra quem já assistiu e vai rever. Enfim... taí.




Filipe Souza

Filipe Souza

Cristão, jornalista e observador. Quero apenas aprender com tudo que acontece ao meu redor e poder compartilhar isso com as pessoas. É isso!

Leia mais textos de Filipe

  • Google Plus
  • rss

Todos os textos e imagens de JuveMetodistaBLOG são licenciados sob uma Licença Creative Commons. Clique aqui para saber mais sobre isso.
Leia também:
2leep.com
Deixe seu comentário!

Postar um comentário

Olá, ficamos felizes com sua visita no JuveMetodista BLOG! Obrigado por ler este post! Aproveite sua visita e deixe um comentário! Forte abraço!

Página Anterior Próxima Página