5 mentiras que a "igreja" me contou. #05

1.11.12 |


A vida cristã e a loucura evangélica

Um antigo ditado popular diz que "de médico e louco todo mundo tem um pouco". Recentemente, este tema da loucura, especialmente no meio evangélico, veio à tona e recheou de comentários e protestos as redes sociais e até mesmo os telejornais. Em nome de um evangelho descolado e moderno, alguns arriscam, segundo eles próprios, a cometer loucuras em nome de Jesus. A autorização, de acordo com os descolados, para este comportamento de demência, pois esta é a definição de loucura, está em 1 Coríntios, capítulo 1.

Será que Paulo quis dizer aos Coríntios que qualquer tipo de loucura em nome do evangelho seria tolerada, desde que o slogan “Jesus” estivesse presente? Uma análise do contexto histórico e cultural nos ajudará a esclarecer esta loucura.

Primeiramente, devemos saber que a cidade de Corinto ficava na Grécia. Sim, claro que isso é importante! Você deve se lembrar de que a Grécia foi o berço da filosofia ocidental e se considerava   a mãe de toda sabedoria naquela época. Outra questão muito importante é que os gregos consideravam uma loucura certos ensinamentos cristãos, tais como a ressurreição, por exemplo. Então Paulo, inteligentemente, serve-se da ironia para tratar, logo no início da sua carta aos gregos, sobre a sabedoria humana e a sabedoria divina. Sim, isso mesmo! Este texto está apoiado em uma ironia.

Note como o apóstolo Paulo contrapõe os termos “loucura da mensagem da cruz” no v. 18, com a destruição da “sabedoria” dos sábios, no v. 19, pois os gregos se julgavam muito sábios em virtude de sua filosofia, que, a propósito, significa "amigo da sabedoria". Paulo se vale de seus estudos e conhecimentos dos estilos literários para confrontar a pretensa sabedoria grega com a verdade do evangelho. Ou seja, Paulo não estava autorizando nenhum tipo de loucura quando escreveu aos coríntios, mas apenas enfatizando, por meio da ironia, que a sabedoria deles, diante de Deus, era uma loucura!

Portanto, fundamentar alguma atitude de loucura em prol de parecer descolado e moderno para aqueles que ainda não são cristãos, especialmente utilizando um texto irônico, é uma loucura própria daqueles que não entenderam completamente a verdadeira loucura do evangelho.


milhoranza

Alexandre Milhoranza - Convidado Especial

Alexandre Milhoranza é analista de sistemas e estudante de teologia. Muito bem casado com a Ana Claudia e pai da Bárbara e do Eduardo, seus mini filósofos de plantão.

Acesse o blog do Milhoranza


Este texto faz parte da série '5 mentiras que a "igreja" me contou'. Desenvolvida especialmente por Alexandre Milhoranza para o #JuveMetodista BLOG.

Todos os textos e imagens de JuveMetodistaBLOG são licenciados sob uma Licença Creative Commons. Clique aqui para saber mais sobre isso.
Leia também:
2leep.com
Deixe seu comentário!

Postar um comentário

Olá, ficamos felizes com sua visita no JuveMetodista BLOG! Obrigado por ler este post! Aproveite sua visita e deixe um comentário! Forte abraço!

Página Anterior Próxima Página