Confiar e crer

26.10.12 |

Imagem post

Como que eu faço pra ter fé?

Foi essa a pergunta que eu fiz pro meu irmão, há umas semanas.

Esse último mês foi um tanto quanto atribulado. Muitas decisões, indecisões, mudanças, medos vieram de caminhão pra serem despejados diretamente em mim. Casamento se aproximando, mudança de Estado, escolhas, acontecimentos, tudo de uma vez, fizeram com que eu entrasse em ponto tal de ansiedade que todo o meu corpo “desconfigurou”. Nunca havia vivido nada assim. Sempre fui ansiosa, mas nada que me tirasse o sono ou me deixasse doente. Mas tanta coisa de uma vez só me fez ficar em pânico e sem saber o que fazer. 

Nesses dias me apeguei ainda mais à palavra de Deus (ainda bem) e Ele a usou e usou pessoas próximas a mim para me encorajar e me fazer lembrar daquilo que podia me trazer esperança. Em janeiro, mudo-me para Rio Negro, no Paraná, a 1.102 quilômetros da minha cidade, família, igreja e amigos. Começarei uma nova vida ao lado do meu marido, em uma nova comunidade de fé, novo emprego, novos planos e novas pessoas. Isso me deu medo!

Nas conversas, devocionais e células nesse tempo, toda palavra que ouvi foi a respeito de fé e confiança. Deus foi me lembrando de que é Ele quem cuida de mim. Seja onde for é Ele quem vai me sustentar e me guardar. Diversas vezes eu ouvi aquele versículo: “Lançando sobre Ele toda vossa ansiedade porque Ele tem cuidado de vós”... e, nesse tempo, cheguei a gritar: "EU TÔ LANÇANDO MEU DEUS! Não quero sentir isso não! Não quero sentir medo”. Mas, na verdade, lá no fundo, eu ainda não acreditava no Deus a quem eu sirvo e ainda sentia medo do que poderia vir. Na verdade, eu ainda sinto...Mas, o que tenho aprendido, respondendo à minha pergunta inicial, é que nós só temos fé quando a praticamos. É quando somos fracos que somos fortes!

Uma amiga disse que devemos sempre fazer uma oração, já acreditando que ela já está sendo atendida (e ela realmente está). A palavra é essa; é simplesmente acreditar! Isso não quer dizer que não vamos sentir medo ou insegurança a respeito do futuro, mas quer dizer que, mesmo inseguros, sabemos quem é que cuida de nós.

Tenho deixado Deus cuidar de mim, dos meus anseios, medos, angústias. Viver totalmente na dependência de Deus e saber que Ele cuida para que todas as coisas cooperem para o meu bem. Confiar em Deus, por que, afinal de contas, “olhando pra mim, posso saber, que nada posso fazer”. 





NOME DO EDITOR

Anna Elisa Souza (Lili)

Sou mais conhecida como Lili. Formada em Jornalismo pela PUC Minas e apaixonada por leitura e escrita desde criança.

Leia mais textos de Anna

  • rss



Todos os textos e imagens de JuveMetodistaBLOG são licenciados sob uma Licença Creative Commons. Clique aqui para saber mais sobre isso.
Leia também:
2leep.com
Deixe seu comentário!

2 comentários

Josette Garcia

Belo texto. Com fé e amor nada há de faltar. Bem vinda à minha terra e que aqui seja o lugar que Ele escolheu para que prosperem este amor e toda a felicidade em suas vidas. Se precisar algo, conte conosco. Fraterno abraço

Anna Elisa

Oi Josette! Você é do Paraná? Estou ansiosa, mas bem curiosa pra conhecer tudo ai e já ver o que tem por vir! =] Tenho certeza de que vou gostar e ser feliz ai! Muito obrigada pelo recado e disposição!

Postar um comentário

Olá, ficamos felizes com sua visita no JuveMetodista BLOG! Obrigado por ler este post! Aproveite sua visita e deixe um comentário! Forte abraço!

Página Anterior Próxima Página