Você serve pra quê?

14.8.12 |


Você já foi dormir com a sensação de que o dia não rendeu? Você já acordou com a sensação de que tem tantas coisas pra fazer ao longo do dia que ele já começa “Tempo 3 X 0 Você”? Então, acho que é assim que estou me sentindo esta semana!

Pensando sobre isso,  lembrei-me de que vivo e estou absolutamente inserido em uma sociedade utilitarista. Poderíamos ficar refletindo sobre as causas que nos levou a chegarmos onde estamos, mas falar muito de teoria quando o assunto é utilitarismo, parece-me um pouco contraditório.

Todos nós, ou pelo menos a maioria, temos a necessidade de fazer muitas coisas ao mesmo tempo para dar conta de todas as demandas às quais nos submetemos. Por exemplo, criaram os eletrodomésticos para agilizar e simplificar a vida em casa, o carro para facilitar os deslocamentos, a internet para facilitar a comunicação; porém, a cada “facilitador da vida” que adquirimos parece que ficamos mais sem tempo.

Talvez, a chave dessa questão esteja no fato de que nosso mundo é movido por forças econômicas, políticas e sociais que lutam dia após dia entre si para conseguir mais recursos. E, neste caso, estou usando a palavra recursos como sinônimo de dinheiro; aquele pedacinho de papel ou simplesmente um cartão com chip que te possibilita comprar algumas coisas que são realmente úteis para sua sobrevivência e inúmeras outras coisas que vão te dar mais dor de cabeça para pagá-las do que vão te ajudar mesmo.

Neste momento me pergunto, e imagino que você, que também vive em uma sociedade que se questiona sobre a utilidade das coisas, esteja se perguntando: qual é a utilidade de pensar acerca dessas coisas para leitores de um blog cristão? Então, não tenho todas as respostas, embora acredite que possa fazer alguns apontamentos.

A lógica do mercado não permite que você viva, pelo menos nos lugares onde eu vivo, sem que você tenha que tentar ganhar dinheiro para comprar o que você quer a todo custo. Sendo assim, a ideia do “tempo é dinheiro” está impregnada em nossas mentes. E ela caminha conosco, inclusive, quando estamos na igreja, lendo a Bíblia, fazendo uma devocional, ajudando alguém, etc.

Com isso, até as relações têm, muitas vezes, se baseado na pergunta: pra que isso, ou essa pessoa me serve? Sei que é duro admitir isso! Mas quantas vezes não conversamos com alguém, mesmo que inconscientemente, pensando no que ganhamos em troca?!

A lógica do “serve pra quê?” é tão forte que nos obriga a viver nosso dia a dia como se não tivéssemos tempo e direito à folga, ao descanso, ao abraço, ao sorriso, ao olhar, ao parar, ao admirar, ao amar...

E isso não se parece nem um pouco com o que leio nas páginas das Sagradas Escrituras. Nelas, vejo homens e mulheres que têm seus afazeres e que sabem que sua dignidade não está no fato de que eles são úteis para ganhar dinheiro e produzir bens,  mas no fato de que são alvos do amor de um Deus Bondoso que nos criou para sua glória (Efésios 1.12). 

Nossa "utilidade" está na possibilidade de amar e de ser amado(a); sou "útil" e "sirvo" para algo a partir do momento em que descubro que sirvo para servir! E nisso, descubro o verdadeiro sentido da vida.

Gostaria de acordar amanhã com as palavras do evangelista em minha mente: “assim brilhe também a vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras e glorifiquem a vosso Pai que está nos céus.” (Mateus 5.16) 

Quero me levantar a cada manhã, lembrando-me de que posso fazer a diferença na vida das pessoas e que isso glorifica a Deus, meu Criador. Quero ir dormir, a cada noite, percebendo que tive tempo de trabalhar, estudar, ler, meditar, ajudar, olhar, abraçar, amar; viver, não apenas sobreviver...

E peço, humildemente, “Deus que me sondas e conheces” (Salmo 139.1), que no final deste dia, sinta sua doce voz me dizendo: fizemos muita coisa hoje juntos, meu filho(a); amanhã tem mais...


Lucas Ribeiro

Lucas Andrade Ribeiro

Sou Lucas Andrade Ribeiro, natural de Ipatinga/MG. Formado em Filosofia
pela Unicamp e atualmente estudo Teologia na Fateo/Metodista.

Leia mais textos de Lucas

  • rss

Todos os textos e imagens de JuveMetodistaBLOG são licenciados sob uma Licença Creative Commons. Clique aqui para saber mais sobre isso.
Leia também:
2leep.com
Deixe seu comentário!

Postar um comentário

Olá, ficamos felizes com sua visita no JuveMetodista BLOG! Obrigado por ler este post! Aproveite sua visita e deixe um comentário! Forte abraço!

Página Anterior Próxima Página