De todas as tribos, povos e raças

30.8.12 |


“Aclamem a Deus, povos de toda a terra!” Salmo 66.1

Esta semana tive a oportunidade de, mais uma vez, vivenciar algo que sempre me toca: a percepção da grandiosidade do amor de Deus, que se expressa nas mais diversas culturas, povos e nações.

Na última sexta-feira, fiquei algumas horas conversando com duas simpáticas seminaristas norte-americanas que são intercambistas na universidade em que estudo. E, no último domingo, minha igreja recebeu a visita de dois pastores bolivianos que estão fazendo um curso na cidade de São Paulo. Nestas duas oportunidades, o mesmo pensamento veio ao meu coração: meu Deus, como o Senhor é grande; como o seu amor não tem fronteiras!

Não sei se você já parou pra pensar nisso mas, neste momento, ao redor do mundo, milhões, talvez bilhões de pessoas, estão adorando a Deus enquanto você lê este texto. Quantas pessoas estão orando, lendo a Bíblia, ajudando seu próximo, cultuando... Isso me lembra uma antiga música do Guilherme Kerr, que eu convido você a ouvir, caso possa, enquanto continua a leitura dessa reflexão: De Todas as Tribos.

Esta canção é um convite à adoração e nos lembra que em todas as tribos, povos e raças existem pessoas que buscam a Deus e são nossos irmãos e irmãs na fé em Cristo Jesus, nosso Senhor e Salvador.

Nosso livro sagrado, a Bíblia, foi originalmente escrito apenas em três línguas: hebraico, aramaico e grego. Porém, nos dias atuais, eu nem me arrisco a contar quantas línguas são usadas para cultuar a Deus. Isso é manifestação, aos meus olhos, da grandiosidade da benevolência divina que se alegra em se manifestar às mais diversas culturas da Terra.

Frente a tão maravilhosa manifestação da graça, que atravessa toda e qualquer barreira étnica e social, respondo e chamo você a responder ao convite que esta música nos faz, em sua última estrofe:


"E a nós só nos cabe tudo dedicar
Oferta suave ao Senhor
Dons e talentos queremos consagrar
E a vida no Teu altar pra Teu louvor."


Quero ser um missionário em minha terra, ou em qualquer terra; que Deus me chamar a contribuir na missão que Ele mesmo tem feito. Quero ser parceiro de Deus em Seu propósito de salvar o mundo. Quero participar da Missio Dei. Quero consagrar meus dons, talentos, tempo e juventude para que Seu Santo Nome seja glorificado em todos os continentes. Talvez não seja Seu propósito me levar para muito longe de onde nasci, mas, mesmo não podendo ir a todos os povos, posso orar por todos eles, pedindo que nunca lhes falte pessoas com coragem, dedicação e amor para levarem até eles, através de vidas consagradas, o evangelho.

Hoje ainda não posso ver a concretização das palavras do apóstolo Paulo aos filipenses: “ao nome de Jesus se dobrará todo o joelho, nos céus, na terra e debaixo da terra, e toda a língua confessará que Jesus Cristo é Senhor, para glória de Deus Pai.” (Fl 2.10,11), mas, a cada momento em que tenho a oportunidade de cultuar a Deus, compartilhar a fé e um pouco da vida com pessoas de outros lugares do mundo, lembro-me de que, um dia, todos ainda conhecerão a Jesus.

Até a próxima, na alegria e confiança de que Cristo Jesus está sempre aqui!


Lucas Ribeiro

Lucas Andrade Ribeiro

Sou Lucas Andrade Ribeiro, natural de Ipatinga/MG. Formado em Filosofia
pela Unicamp e atualmente estudo Teologia na Fateo/Metodista.

Leia mais textos de Lucas

  • rss

Todos os textos e imagens de JuveMetodistaBLOG são licenciados sob uma Licença Creative Commons. Clique aqui para saber mais sobre isso.
Leia também:
2leep.com
Deixe seu comentário!

Postar um comentário

Olá, ficamos felizes com sua visita no JuveMetodista BLOG! Obrigado por ler este post! Aproveite sua visita e deixe um comentário! Forte abraço!

Página Anterior Próxima Página