Um bom exemplo, por favor! - #03 I Paulo Cappelletti

7.6.12 |


Nesta última semana, no meu curso de Teologia, fiquei ‘paralisado’ e ‘chocado’ durante uma aula de gestão eclesial. Um doutorando do nosso professor, que cumpria suas horas de estágio em nossa sala, nos propôs um conflito eclesial e nos pediu que o resolvêssemos, usando os princípios desenvolvidos em sala de aula. O problema proposto foi o seguinte:

Um travesti se converte na sua igreja, porém, tem vários problemas:
· Tem silicone no corpo;
· Tem um marido;
· É soro positivo, estado terminal;
· Viciado em crack;
· Analfabeto e órfão;
· Mora em Hotel, por diária.

Neste momento, imagino que seu primeiro pensamento é de expulsar os demônios desse cara. Pensei a mesma coisa, em um primeiro momento. Todavia, o doutorando nos colocou uma condição: “Nada de coisas espirituais como ‘fazer uma oração’, ‘um jejum pela vida dele’ ou até mesmo ‘expulsar os demônios’ da vida do travesti” (Não que essas coisas tenham menor importância). Ele nos separou em grupos e solicitou um plano a curto, médio e longo prazo, para desenvolver restauração e reintegração da vida deste travesti que acabara de se converter na nossa igreja.

Exatamente neste momento, fiquei paralisado!

Paralisado ao perceber o quanto, na maioria das vezes, tenho reduzido a Missão de Deus às coisas espirituais (fazer oração, expulsar demônio, etc). Volto a dizer, tudo isso é importante! Mas, será que a Missão de Deus se resume nisso? Enquanto ele falava, essa questão me paralisava e me fazia refletir o que é fazer a Vontade de Deus (cf. Mt. 7.21).

Chocado fiquei, ao conhecer o ministério desenvolvido por esse doutorando. Paulo Cappelletti; é nosso bom exemplo de hoje! Percebendo a nossa fragilidade, dificuldade e até preconceito em relação ao conflito, relacionado ao travesti, ele nos apresentou o seu projeto da “Missão Sal” (Salvação, Amor e Libertação).

O objetivo desta missão é alcançar pessoas em situação de exclusão nos centros urbanos, promovendo Resgate, Restauração e Reintegração do homem à sociedade através do evangelho integral.

As pessoas atendidas pela missão são moradores de rua e profissionais do sexo (travestis e prostitutas). Essas pessoas são atendidas na casa Comunidade Nova Chance, uma casa que procura ser uma família através do convívio e do amor que há em Cristo Jesus. Nesta casa, que é a própria casa do Cappelletti e sua família, residem hoje mais de 30 pessoas em situação de risco.

No final da aula, Cappelleti, que é mais conhecido como ‘Macarrão’, nos apresentou o testemunho de um travesti que foi resgatado, restaurado e reintegrado à sociedade, após um período de 12 anos de tratamento em sua casa.

Talvez agora você esteja pensando: “Poxa, 12 anos!”. Isso mesmo, 12 anos! Talvez a pergunta certa fosse: quanto tempo é preciso para levar a vida abundante/plenitude de vida (cf. Jo. 10.10b) que Jesus veio trazer?

Segundo ‘Macarrão’, não importa quanto tempo essa transformação vai gastar e como a pessoa chega às nossas comunidades, mas, como ela vai sair.

Contudo, uma pergunta fica latente. Porque não temos essas pessoas em nossas comunidades? Poderia citar alguns problemas que identifico, todavia, esse não é meu propósito aqui. Minha vontade, com esta série, é expor a vocês que ainda existem pessoas dispostas a cumprir a vontade de Deus. Pessoas cujas vidas nos motivam e nos confrontam a ser um sinalizador do Reino de Deus, aqui e agora.

Deus nos abençoe e nos ajude a viver o seu Reino de vida, aqui e além!

Site da "Missão Sal": http://www.missaosal.org.br

Segue àqueles que se interessarem, uma entrevista em vídeo com o próprio ‘macarrão’:






George Paradela

George Paradela

Sou seminarista, tenho 22 anos. Moro em São Bernardo do Campo/SP, gosto de trabalhar com juventude, amo música e estudo teologia.

Leia mais textos de George

  • rss
Este post faz parte da série: "1 bom exemplo, por favor!"

Todos os textos e imagens de JuveMetodistaBLOG são licenciados sob uma Licença Creative Commons. Clique aqui para saber mais sobre isso.
Leia também:
2leep.com
Deixe seu comentário!

Postar um comentário

Olá, ficamos felizes com sua visita no JuveMetodista BLOG! Obrigado por ler este post! Aproveite sua visita e deixe um comentário! Forte abraço!

Página Anterior Próxima Página