Eu que já não quero mais ser um vencedor...

29.6.12 |

Resultados, metas, objetivos, planejamentos, conquistas, realizações, crescimento e tantas outras palavras relacionadas a elas, estão presentes no nosso cotidiano, pois estão diretamente ligadas ao sistema econômico predominante no mundo, o capitalismo.

Desde pequenos somos ensinados que temos que estudar muito, entrar numa ótima faculdade, arrumar um bom emprego, continuar estudando, chegar até o mais alto nível dentro de uma profissão. Ter cargos, títulos, para ser alguém na vida! Uma pessoa bem sucedida.

O fato é que, pra muita gente, pensar na possibilidade de realizar as coisas citadas acima já é algo utópico. Sabemos que, infelizmente, são poucas as pessoas que têm a oportunidade de realizar metade destas coisas. E, honestamente, será que todos os que conseguiram isso realmente são pessoas bem sucedidas?

Hoje, eu gostaria de pensar no contrário disso tudo. Gostaria que pensássemos juntos, ao longo deste texto, na importância da perda, derrota, fracasso, etc.

Acho que a maioria das pessoas normais têm mais contato com situações que agregam às suas vidas mais derrotas do que vitórias; mas vivemos num mundo em que somos forjados, desde sempre, para ser vencedores, fortes, destemidos, estrategistas, etc; e, ironicamente, a vida de "quando em sempre" nos surpreende com algo... e vemos que tudo aquilo que nós, por tanto tempo planejamos, deu absurdamente errado.

E aí?! Uma derrota torna alguém um fracassado?! Um perdedor?! Ter mais motivos pra chorar do que pra rir faz de alguém um ser desprezível? Ah, já sei... Deus não pode estar na vida de alguém que passa por tanta dificuldade... Ele é Deus de vitória e dá bênção e prospera seus filhos. Num é essa a pregação dos nossos dias?

Pois é... definitivamente, unir conceitos e ideias totalmente opostas, neste contexto, capitalismo e cristianismo, não poderia trazer bons resultados. E, em minha opinião, um dos maiores problemas que temos em nossos dias é a ideia de que filhos de Deus têm que ser vencedores em tudo;  não podem adoecer, ficar tristes, ter derrotas na vida, ter problemas em casa, etc. Talvez até mesmo para, de alguma forma insana, fundamentar a pregação que nos evangelizou um dia: "Venha pra Jesus e sua vida será um mar de rosas!".

O Senhor é o nosso pastor mas, em vários momentos, coisas nos faltaram. Podemos tudo naquele que nos fortalece, mas, em vários momentos, nos sentimos profundamente impotentes diante das mais diversas situações da vida. Quantos de nós cremos no Senhor Jesus e vimos os membros da nossa família serem levados pela doença, crime, drogas, etc, sem antes conhecer a Cristo? O fato é que, assim como é na vida de qualquer pessoa sobre quem nasce o sol, os cristãos estão sujeitos a adversidades, dificuldades, fome, nudez, perigo, morte, violência, perseguição, etc.

E é exatamente por isso que toda fé baseada em qualquer coisa que não seja a palavra de Deus, interpretada corretamente, será frustrada. Não dá pra fundamentar a fé nos princípios capitalistas. A lógica é totalmente diferente. Não podemos projetar a vida com Deus da mesma forma que projetamos nossa carreira profissional; não se trata de cumprir metas. Afinal, nesta carreira, o que importa é o Caminho que percorremos e como fazemos isso; conquistar a vitória no final não está ligado a mérito, mas à graça.

"E disse Jesus: "É necessário que o Filho do homem sofra muitas coisas e seja rejeitado pelos líderes religiosos, pelos chefes dos sacerdotes e pelos mestres da lei, seja morto e ressuscite no terceiro dia". Jesus dizia a todos: "Se alguém quiser acompanhar-me, negue-se a si mesmo, tome diariamente a sua cruz e siga-me. Pois quem quiser salvar a sua vida a perderá; mas quem perder a vida por minha causa, este a salvará. Pois que adianta ao homem ganhar o mundo inteiro, e perder-se ou destruir a si mesmo?" [Lucas 9.22-25]




Luiz Fernando Pimentel

Luiz Fernando Pimentel

Sou designer freelancer, arranho uns acordes em minhas guitarras e moro em Vitória/ES.

Leia mais textos de Luiz

  • Google Plus
  • SoundCloud
  • Vimeo
  • Youtube
  • Blogger
  • rss
Curtiu a imagem do post? Gostaria de usá-la como wallpaper no seu computador? Faça o Download agora mesmo! Resoluções: 1024x768 e 1920x1080.

Todos os textos e imagens de JuveMetodistaBLOG são licenciados sob uma Licença Creative Commons. Clique aqui para saber mais sobre isso.
Leia também:
2leep.com
Deixe seu comentário!

Postar um comentário

Olá, ficamos felizes com sua visita no JuveMetodista BLOG! Obrigado por ler este post! Aproveite sua visita e deixe um comentário! Forte abraço!

Página Anterior Próxima Página