Que seja feita a sua/minha vontade

25.4.12 |


O que você faria se percebesse que um amigo, por quem você tem um carinho enorme, se aproxima de você sempre que deseja algo que você pode dar ou ajudá-lo a conseguir de maneira mais fácil, mas, depois, nem lembra seu nome? E quando você pedisse algo em que ele tivesse que abrir mão de uma vontade própria em seu favor? Se ele só busca a vontade dele, como aconteceu no primeiro caso, acredito que ninguém vai ficar esperando ele dizer 'sim', quando isso significar um 'não' pra ele mesmo, certo?

Pois é... nas redes sociais a gente conhece muito mais algumas pessoas, especialmente aquelas que colocam o que sentem ou fazem durante 24 horas por dia. Aí observamos o modo como elas pensam sobre inúmeros assuntos. Acredito que não sou anormal em observar as pessoas, ou seja, não só eu faço isso. Sou bastante observadora mesmo; mas, com os outros e comigo também... rs.

Enfim, em meio a tantas observações, tenho visto como as pessoas falam com Deus - ou ao menos o seu nome - somente nos momentos de dificuldade ou quando leem, numa figura gigante, o nome de Deus (que nem tem como dizer que não viu), ou que querem alguma bênção. Frases copiadas surgem a todo momento; por exemplo: "Deus, me abençoe nessa prova", "Deus, me proteja dos invejosos", "Deus, quero um namorado logo", "Deus, por favor, faça parar de chover, porque no fim de semana tem churras e praia", etc.

Nada contra pedir a Deus. Maaas tudo contra se lembrar de Deus apenas buscando os próprios interesses. E ainda acontece das pessoas falarem dos que estão afastados de programações da igreja ou coisas do tipo, como se fossem 'OS CRENTÕES'. E que vantagem há nisso?

O pior de tudo é que há muitas pessoas pregando esse evangelho de busca a Deus para receber o sim, sim, sim, sim, sim, em relação a tudo o que quiser. A vontade de Deus passa para segundo plano, enquanto Ele move Terra e céus ao MEU favor. Que o Senhor é poderoso pra fazer o impossível, eu não tenho dúvidas; que ele Ele se alegra com quem o conhece APENAS como o provedor de bênçãos e não como Senhor do seu coração, eu tenho certeza que não.

Acredito que a graça de Deus alcança até mesmo aqueles que não o conhecem. Entretanto, conhecê-lo e ainda brincar com seu nome e viver no interesse de ser melhor servido, é ruim apenas pra quem age dessa forma. Jesus nos convida a entregar nossos fardos e se propõe a nos aliviar do peso de carregá-los; para isso, devemos entregar a nossa vida por inteiro a Ele.

Hoje convido você a observar o que você tem dito sobre Deus e buscado d'Ele. Qual tem sido sua preferência? Cumprir o querer de Deus, ainda que seja um 'não' ou 'aquieta-te', ou buscar com suas próprias forças e pedir a ação de Deus para que se cumpra o que você julga melhor?

"Buscai, pois, em primeiro lugar, o Seu reino e a Sua justiça e as demais coisas vos serão acrescentadas." (Mt 6.33)

Um forte abraço.

E que a gente aprenda a buscar a vontade de Deus em todo o tempo; não somente quando quisermos algum favor.


Talita Cellia

Talita Cellia

Sou a Talita, 20 e poucos anos e quase professora de Química. Vivendo em Vitória/ES. E meus amores são família, amigos, música e, acima de tudo, Papai do Céu.

Leia mais textos de Talita

  • rss

Todos os textos e imagens de JuveMetodistaBLOG são licenciados sob uma Licença Creative Commons. Clique aqui para saber mais sobre isso.
Leia também:
2leep.com
Deixe seu comentário!

Postar um comentário

Olá, ficamos felizes com sua visita no JuveMetodista BLOG! Obrigado por ler este post! Aproveite sua visita e deixe um comentário! Forte abraço!

Página Anterior Próxima Página