A pregação de Cristo Jesus

13.4.12 |


Algo tem me chamado muito a atenção na pregação de Jesus: ela é totalmente oposta à pregação da maioria dos líderes religiosos do nosso tempo; já reparou?!

Diante de diversas situações, Ele enfatiza a importância dos valores do Reino e descarta totalmente o zelo excessivo e desnecessário, acrescido pelos homens aos dogmas religiosos.

A pregação de Jesus faz todos os homens e mulheres iguais; não há melhores ou piores; todos pecaram e precisam se arrepender. Não eram melhores os fariseus por saberem muito a respeito da lei, assim como não eram piores publicanos e pecadores por seus atos. Segundo a pregação de Jesus, todos são iguais diante de Deus!

Uma das "qualidades" do ser humano é a capacidade de atribuir rótulos a algo ou alguém e isso acontece com naturalidade; afinal, nossas experiências de vida nos fazem ter visões distintas sobre as coisas... então, é normal que algo que eu considero muito bom, possa ser considerado uma porcaria por você, que está lendo este texto. 

Mas... quando isso passa a ser nocivo?! 

Uma vez ouvi, em uma pregação, uma coisa mais ou menos assim:

"Se uma pessoa estiver seca e for molhada com um balde d´água, ela se sentirá molhada. Porém, se ela estiver dentro de uma piscina, não fará a menor diferença ser molhada com um balde de água."

Vivemos imersos numa realidade que é totalmente oposta ao que Jesus pregou! Até mesmo dentro de muitas "igrejas" ou através de programas de TV, a pregação é contrária aos valores do Reino. 

Se analisarmos friamente a palavra de Jesus, ela não nos oferece nenhum tipo de esperança de que teríamos grandes vitórias ou realizações neste mundo. E, o que quero dizer com isso, é que se alguém tiver muito dinheiro, ou pouco dinheiro, muito conhecimento, pouco conhecimento, muitos pecados ou poucos pecados, diante de Deus, segundo a pregação de Jesus, continuará sendo alguém que precisa do perdão de Deus. 

As obras não irão salvar ninguém! Não faça coisas sem entender porque faz, pois isso pode fazer com que você só vise obter reconhecimento de Deus e status entre os homens. 

Muitos bens só fazem alguma diferença neste mundo corrompido em que vivemos. No lar que Jesus está preparado para nós, as coisas preciosas deste mundo são usadas como pavimento de ruas e tijolo de edificações.

Nós somos todos iguais, pelo menos perante Deus! Não devemos pensar que, por fazer ou ter muitas coisas, somos melhores que aqueles que consideramos não fazer ou ter o que fazemos ou temos. 

Quando entendermos que somos todos pecadores que necessitam da misericórdia e salvação de Deus, talvez as nossas obras e posses sejam usadas, de fato, pra dar glória a Deus... e não para nós mesmos.

Abraço!


Luiz Fernando Pimentel

Luiz Fernando Pimentel

Sou designer freelancer, arranho uns acordes em minhas guitarras e moro em Vitória/ES.

Leia mais textos de Luiz

  • Google Plus
  • SoundCloud
  • Vimeo
  • Youtube
  • Blogger
  • rss

Todos os textos e imagens de JuveMetodistaBLOG são licenciados sob uma Licença Creative Commons. Clique aqui para saber mais sobre isso.
Leia também:
2leep.com
Deixe seu comentário!

Postar um comentário

Olá, ficamos felizes com sua visita no JuveMetodista BLOG! Obrigado por ler este post! Aproveite sua visita e deixe um comentário! Forte abraço!

Página Anterior Próxima Página