Ah, é pra Deus! | Parte 03 | Comunicação

23.4.12 |


Chegamos então à terceira parte da série "Ah, é pra Deus". Muito obrigado por me acompanhar nesta viagem (escolha o sentido). 

"Com muita frequência, criamos barreiras à comunicação do evangelho porque pregamos que nos importamos com as pessoas e que este mundo é de Deus, mas não agimos por esses princípios." H. R. Rookmaaker

A frase acima foi retirada do livro "A arte não precisa de justificativa" e tem bastante a ver com o que pretendo escrever neste post. A parte mais espiritual da conversa toda, se é que dá pra separar, creio que tenha ficado nos últimos dois posts; hoje, pretendo trazer algo mais prático!


Comunicação

A comunicação é algo essencial para a nossa vida em sociedade e, obviamente, pra todas ou grande parte das tarefas que desenvolvemos no nosso cotidiano. Sabemos que a fé vem pelo ouvir, e ouvir a palavra de Deus, certo? Então, a comunicação se torna um elemento importante no serviço, não sendo, em alguns casos, o principal, mas, sem dúvida, é algo que pode facilitar bastante as coisas, se for usada de forma correta, obviamente. 

Vale a pena deixar claro que eu não estou escrevendo este texto como designer. As coisas que vou escrever aqui, eu já pensava muito antes de pensar em me especializar e encarar esta profissão. 

Penso que a comunicação é uma das coisas mais importantes quando pensamos em organizar ações em uma igreja local ou quando pretendemos fazer algo pra Deus, seja onde for. É através das diversas formas de comunicação existentes que nós teremos nosso primeiro, e talvez último, contato com a maioria das pessoas. Se esta comunicação for eficiente, os resultados tendem a ser melhores (perdão por fazer você ler algo tão óbvio).

Qual é a função do cartaz de um evento? Aliás, qual é a função deste evento? O evento é só pro pessoal da igreja? Vai ser uma espécie de "clubinho de crentes"?! A ideia é despertar o interesse de pessoas que aindanão são cristãs, pro evento?

Penso que eventos públicos que só visam oferecer "pão e circo" para cristãos, não servem pra nada. Mas o assunto de hoje não é esse (Droga! Tinha tanta pra falar sobre isso, quem sabe outro dia né?).

Mas então, vamos supor que um(a) irmãozinho(a) está organizando um "louvorzão" (odeio esse termo)... convidou uma boa banda, chamou um cara descolado(hein?) pra pregar, arrumou uns aparelhos de iluminação, pegou umas coisas emprestadas pra dar um reforço no som da  igreja e agora chega a parte em que muita gente pensa: "Ah, pagar alguém pra fazer? Que nada! Dá cá, eu mesmo faço!".  E essa parte, normalmente, é a comunicação. 

Normalmente, o resultado são cartazes, panfletos, imagens pras redes sociais, etc; que comunicam tudo, menos o que devem comunicar. Acredito que entre todas as informações que uma divulgação deve conter, existem 3 que são as mais importantes; e elas são as respostas das seguintes perguntas:

- O que é? - Nome do evento e do que se trata;
- Quando é? - Data e horário;
- Onde é? - Endereço, de preferência com pontos de referência.

E, qualquer outro tipo de divulgação que responda a estas três perguntas, de forma clara e em poucos segundos, está correta.

Vejo, com frequência, pessoas divulgando eventos da seguinte forma:

"Sábado na IXBAODPRAYZ, 7h, louvorsão dos adolescentes."

Claro que, normalmente, as frases de divulgação têm mais erros de português que a  frase acima. Esta frase respondeu às três perguntas lá de cima? Se eu tivesse contato com a divulgação deste evento, não fosse cristão e estivesse procurando algo pra fazer no sábado à noite, me interessaria?! Talvez sim! Mas como faço pra chegar lá? Aonde é? E o que vem a ser "IXBAODPRAYZ"? Poxa, 7 horas da manhã num sábado é bem cedo, não acha?

E esta divulgação, extremamente errada, talvez tenha sido a única oportunidade que quem a desenvolveu teve de convidar uma pessoa. O possível visitante fica confuso com a informação (que não existe neste caso) e perde o interesse no evento.

Tá vendo como a coisa é séria?! Lembra da imagem do primeiro post desta série?! Bem bizarra né?! Pensa comigo, se você fosse convidado pra um evento com um cartaz que lembre aquela coisa horrível, você teria interesse em ir?! 

Comunicação é uma coisa em que só se tem que usar a lógica: "Ah, é pra Deus! Não sei fazer, mas tô fazendo de coração..." - e uma pessoa (ou muitas) pode deixar de ir a um evento que pode marcar sua vida, porque alguém resolveu fazer uma economia burra em não contratar um especialista pra desenvolver o material de divulgação. Agora eu pergunto: vale a pena?!

A frase de Rookmaaker que citei no início deste post é genial por conta disto. Nós enchemos nossa boca pra falar que amamos a Deus e que amamos as pessoas, mas não nos preocupamos com detalhes simples que mostram muito mais sobre nós do que os detalhes maiores com que tanto nos preocupamos e nos importamos. 

Um cartaz não tem que ser uma obra de arte; tem que informar, de forma clara e eficiente. Mesmo que ele seja preto e branco e não tenha nenhuma imagem, se as informações estiverem organizadas e claras, ele cumpriu seu papel principal. E um cartaz bem feito mostra para as pessoas que você, sua igreja, seu ministério, seu projeto missionário, seu projeto social, etc... se preocupa com as pessoas que terão acesso a ele, e que você quis se comunicar de forma de clara. Isso é EXTREMAMENTE importante.

Mas a comunicação não acontece só em materiais impressos, concorda?! Então peço um pouco mais da sua atenção e paciência, pois esta série vai continuar!

Por favor, deixe suas opiniões ou dúvidas nos comentários... e até nosso próximo encontro, se Deus quiser!

Forte abraço,


Luiz Fernando Pimentel

Luiz Fernando Pimentel

Sou designer freelancer, arranho uns acordes em minhas guitarras e moro em Vitória/ES.

Leia mais textos de Luiz

  • Google Plus
  • SoundCloud
  • Vimeo
  • Youtube
  • Blogger
  • rss

Todos os textos e imagens de JuveMetodistaBLOG são licenciados sob uma Licença Creative Commons. Clique aqui para saber mais sobre isso.
Leia também:
2leep.com
Deixe seu comentário!

Postar um comentário

Olá, ficamos felizes com sua visita no JuveMetodista BLOG! Obrigado por ler este post! Aproveite sua visita e deixe um comentário! Forte abraço!

Página Anterior Próxima Página