Enquete #004 - Templos Religiosos x Lei do Silêncio

5.3.12 |


Semana passada vi algo na TV que me deixou um pouco surpreso e gostaria de levantar esta questão aqui no "Juve", em forma de enquete! As igrejas, ou melhor, os Templos Religiosos (de qualquer religião) do municipio da Serra, um dos maiores e mais populosos da Grande Vitória/ES, agora têm direito garantido por lei municipal de atingir o nível de 85 decibéis entre 17h e 22h em finais de semana e feriados, enquanto bares e boates podem atingir o nível de 50 decibéis.

Para ter maiores informações recomendo que vocês leiam a reportagem feita pela equipe do ES TV da Rede Gazeta. Destaco, na reportagem, o vídeo em que o grande repórter Michel Bermudes entrevista pessoas em Laranjeiras, um bairro do município da Serra. Ele pergunta se as igrejas podem fazer barulho e as repostas são diversas: muitos responderam que sim, alguns que não.

A opinião da a maioria dos entrevistados  foi que as igrejas contribuem para o bem estar social porque fazem um trabalho importante na libertação de pessoas de vícios, como o das drogas. E que é melhor ter uma igreja fazendo barulho do que um baile funk, por exemplo. Algumas pessoas comentaram que templos religiosos não devem ter mais direito que outros estabelecimentos que utilizam sistema de áudio.

Aqui deixo uma opinião pessoal, tratando especificamente de igrejas cristãs:

Entendo que o que transforma a vida do ser humano é o evangelho. Os momentos de culto não representam muita coisa na transformação/libertação da vida de uma pessoa, tendo em vista que a conversão acontece no dia-a-dia e não no momento em que as pessoas aceitam um apelo e vão à frente do templo "aceitar Jesus". Então, creio que os trabalhos e atividades extra-culto são mais importantes e, de fato, em muitos casos, são o fator determinante pra que uma pessoa seja liberta de vícios, por exemplo. Entre estes trabalhos, destaco o discipulado através de grupos pequenos/células ou pessoal e momentos de estudos bíblicos como as escolas dominicais. 


Gostaria de saber sua opinião sobre o assunto! Responda à enquete abaixo e, por favor, justifique sua resposta nos comentários!


Templos religiosos devem ser liberados da Lei do Silêncio?





Votar
Ver resultado



Forte abraço!




Luiz Fernando Pimentel

Luiz Fernando Pimentel

Sou designer freelancer, arranho uns acordes em minhas guitarras e moro em Vitória/ES.

Leia mais textos de Luiz

  • Google Plus
  • SoundCloud
  • Vimeo
  • Youtube
  • Blogger
  • rss

Todos os textos e imagens de JuveMetodistaBLOG são licenciados sob uma Licença Creative Commons. Clique aqui para saber mais sobre isso.
Leia também:
2leep.com
Deixe seu comentário!

lisieux

Oi, Luiz... concordo com vc que a vivência é mais importante que o culto e a pessoa mais importante que o espaço físico, etc. No entanto, acho que as igrejas devem ser liberadas da lei do silêncio sim. Se as boates, bailes funk, bares e até pessoas que estendem as atividades noturnas (como beber, dançar , ouvir música alta) para as ruas em áreas residenciais e somos obrigados a aceitar, temos que aceitar tb um certo nível maior de barulho nos templos... claro que até um horário razoável, talvez o mesmo horário dos bares que, me parece, é uma da manhã. E olhe que os bares não obedecem e continuam perturbando a noite toda... bjão

Postar um comentário

Olá, ficamos felizes com sua visita no JuveMetodista BLOG! Obrigado por ler este post! Aproveite sua visita e deixe um comentário! Forte abraço!

Página Anterior Próxima Página