Hinologia Cristã, um movimento ["Cantai ao Senhor"]

20.2.12 |


O hinário Adventista “Cantai ao Senhor” traz, em seus textos de apresentação, a preocupação laboral das obras musicais. Nada feito a “toque de caixa” ou tirado de detrás da orelha. Muito pelo contrário. Assim como a comissão do Hinário Evangélico, a comissão do hinário Adventista teve muito trabalho e, enfim, chegaram ao produto final de grande qualidade musical.

Deste movimento, mais uma vez vale ressaltar, a preocupação com a Música, com a Literatura, tudo isso levado em conta. Lendo este seguinte texto dá para se ter noção do que estou falando. Aproveitem e se inspirem sobre como encarar o trabalho de músico.

Hinário Adventista “Cantai ao Senhor”, Primeira Edição – 1963.
PREFÁCIO
“O valor do Ministério de Música na Igreja é uma convicção de magnitude que atinge a maturidade. Pela carência maior de serem ampliadas as possibilidades musicais da Igreja, a Comissão do novo Hinário acaba de concretizar este trabalho que, por certo, não teve similar no passado em lugar nenhum, pois cada hino que contém foi cuidadosamente estudado sob a luz das leis que regem a Fraseologia Musical (assunto raramente estudado, mesmo nos maiores centros de cultura musical); este estudo depende diretamente das leis da melodia, contraponto, harmonia, compasso e ritmo; por esta razão surgem, com frequência,correções nas fórmulas de compasso, no ritmo, e, por vezes, na própria melodia e harmonia dos hinos. A seguir, toda letra foi colocada obedecendo às leis da Prosódia Musical. Conseguiu-se, portanto, um acordo relativamente perfeito entre a música e a letra.

Foram anotados os membros da frase musical com sinais que separam as células, ou os motivos musicais; as meias frases musicais; frases inteiras; e de conclusão do período musical.

Para ser mantida, como padrão de referência, a unidade de tempo de cada compasso, nos andamentos mais lentos foi colocado o limite lento do metrônomo, embora a execução possa ser ainda mais lenta, conforme exigir o caráter e a construção do hino.

Empreendemos esta complexa obra de vulto, cuja dificuldade só é inteiramente conhecida pelos que nela trabalharam, levados unicamente pelo zelo e desejo de que nossa Igreja, ao cantar perante um Deus perfeito, o faça com hinos que se aproximem da perfeição – apanágio dos hinos celestes.”

A comissão.
Duas Palavras dos Editores

“Cantai ao Senhor foi o nome escolhido, após consulta a várias organizações e obreiros de destaque, para o hinário que vem substituir o Hinário Adventista. Como verão, figura nele boa parte dos hinos deste, modificados para satisfazer às leis da Prosódia Musical, conforme explica a Comissão, no Prefácio. Acrescentou-se, além disso, bom número de hinos novos, inéditos em português. O critério seguido pela Comissão, de evitar melodias leves, de caráter popular, explica a omissão de alguns dos cânticos do hinário antigo.

Os membros da Comissão do “Cantai ao Senhor” fizeram-se credores do sincero reconhecimento desta Editora, a qual pede vênia para destacar o nome de seu presidente, Prof. Flávio Araújo Garcia, e seus proficientes coadjuvantes, Dario Araújo e Tércio Simon. A estes, coube a tarefa insana de revisar os hinos antigos e traduzir os novos, adaptando a letra de uns e outros aos exigentes requisitos anotados no Prefácio.

À direita dos hinos aparece o nome do autor da música e, à esquerda, o da letra original, cuja versão para o português foi, em alguns casos, alterada, em virtude das modificações técnicas determinadas pela Fraseologia e Prosódia Musicais, já expostas no Prefácio.

A todos os que nos concederam licença para inclusão de seus hinos em nosso hinário, ou de qualquer modo colaboraram para sua publicação, nossos agradecimentos.

Possa “Cantai ao Senhor” ser uma grande bênção a todos os que dele fizerem uso, aproximando-os mais do celestial Criador da Música e de tudo quanto existe de belo e sublime”.
Os Editores.

Este artigo faz parte da série "Hinologia Cristã, um movimento" para saber mais sobre o assunto leia também: Parte 01, Parte 02, Parte 03, Parte 04 e Parte 05.

Todos os textos e imagens de JuveMetodistaBLOG são licenciados sob uma Licença Creative Commons. Clique aqui para saber mais sobre isso.
Leia também:
2leep.com
Deixe seu comentário!

Alexandre Milhoranza

Simplesmente sensacional seu trabalho de pesquisa sobre a hinologia cristã. Apesar da ênfase à sua denominação enriquece profundamente o conhecimento de como se organizaou o movimento protestante aqui no Brasil de todos os que pertencem à alguma denominação histórica.

Meus parabéns brother!

Postar um comentário

Olá, ficamos felizes com sua visita no JuveMetodista BLOG! Obrigado por ler este post! Aproveite sua visita e deixe um comentário! Forte abraço!

Página Anterior Próxima Página