Sou igreja seja onde for

27.1.12 |


Outro dia eu e meu irmão conversávamos sobre a quantidade de porcaria que se vê hoje em dia, principalmente no Facebook e demais redes sociais. Ele relatava que, em apenas um dia, ele viu pornografia, imagens de pessoas mutiladas, nuas e maltratadas, pessoas falando mal e bem de BBB e mais um monte de coisa que, em nada, agrada aos olhos. A partir dai, começamos a lembrar de um movimento no qual as pessoas postavam “Facebook não é igreja” e muitos “lero- leros” do tipo. 


Apesar de achar desnecessária a resposta e esse movimento, sou obrigada a concordar que, da mesma maneira que muitos se acham no direito de postar o que querem, os “crentes” também podem e DEVEM louvar, testemunhar, profetizar, anunciar o que quiserem nas redes sociais. Essa coisa toda me fez lembrar de um convite de alguns amigos de Barão de Cocais, MG, feito a mim e a duas amigas minhas da área de comunicação (Aline e Fernanda). Esse convite consistia em, num evento cultural, nós batermos um papo sobre "Cristãos e as redes sociais". O papo foi muito gostoso e produtivo, por isso, gostaria de compartilhar a conclusão a que chegamos, escrita por nós três, junto com a galera que estava presente:

"Com certeza você que está lendo este texto possui alguma rede social virtual como Orkut, facebook, twitter, youtube e blogs. Mas é interessante saber que as redes sociais já existiam antes mesmo da internet , com o simples fato de você frequentar a escola, a faculdade, ou, até mesmo, visitar seus amigos em casa.

No entanto, muitos cristãos são exemplos nas redes presenciais, mas não são nas redes virtuais, ou vice-versa, esquecendo-se de que não pode haver distinção entre o mundo real e o mundo virtual. Precisamos aprender a sermos sal e luz em todo o tempo de nossas vidas, até mesmo com um simples tweet ou em um perfil de Orkut. 

Já parou para pensar na abrangência que você tem para alcançar uma vida para Jesus através da internet? Paulo, sem a internet, conseguia pregar o evangelho e dar testemunho de vida tanto em suas redes presenciais, como através de suas cartas direcionadas para as igrejas mais distantes - naquele momento a única “rede virtual” possível. Diferente disso, hoje em dia vemos muitos cristãos utilizando a internet somente para entretenimento e esquecendo-se da poderosa ferramenta de evangelismo que possuem, sem mesmo precisar se levantar da cadeira. 

Utilizando-nos desta ferramenta, podemos conhecer e mobilizar diferentes públicos, ler e produzir conteúdo, discutir e ter contato com crenças diferentes, viralizar informações, criar senso crítico, compartilhar experiências com amigos não crentes e alcançar quem está distante. As redes sociais são ferramentas do nosso dia a dia para edificar o reino de Deus.

Isso quer dizer que precisamos somente “postar” frases evangelísticas e sobre Jesus o tempo todo? A resposta é clara: NÃO! Assim como nossas ações e postura são, muitas vezes, mais eficazes que a própria pregação da palavra, nas redes virtuais não é diferente. Podemos e precisamos fazer diferença através do que postamos, do que curtimos, dos vídeos e fotos publicados, do perfil utilizado e das comunidades às quais pertencemos. Claro que também devemos utilizar frases evangelísticas e sobre Jesus, mas com autenticidade e criatividade, não utilizando somente clichês como “Jesus te ama” e “Deus te abençoe”, pois muitas vezes eles têm tanta relevância quanto um spam em seu email.

Portanto, é necessário usar de bom senso, ser prudente, moderado e fiel à palavra de Deus em todo tempo e em qualquer lugar, tendo amor ao próximo e buscando santidade constantemente.

“A vossa palavra seja sempre agradável, temperada com sal, para que saibais como vos convém responder a cada um.” - Cl 4:6"

Pegando um gancho no último post do Luiz Fernando, a internet e nossas redes sociais são também um palco! E olhem que com uma MULTIDÃO na plateia provavelmente maior que a do sonho que ele teve, é ou não é amigo?

Grande abraço e fiquem com Deus!


Anna

Anna Elisa Souza (Lili)

Sou mais conhecida como Lili. Formada em Jornalismo pela PUC Minas e apaixonada por leitura e escrita desde criança.

Leia mais textos de Anna

  • rss

Todos os textos e imagens de JuveMetodistaBLOG são licenciados sob uma Licença Creative Commons. Clique aqui para saber mais sobre isso.
Leia também:
2leep.com
Deixe seu comentário!

Postar um comentário

Olá, ficamos felizes com sua visita no JuveMetodista BLOG! Obrigado por ler este post! Aproveite sua visita e deixe um comentário! Forte abraço!

Página Anterior Próxima Página