Post do Leitor #001 - De frente com a graça

30.1.12 |


Confesso que não tenho andado muito satisfeito com meu posicionamento perante o evangelho; minha postura não tem sido das melhores, o meu testemunho um fiasco, mas a graça de Deus é maior que meus erros. Meditando em Deuteronômio 30, o Senhor me mostrou que a única coisa que eu posso fazer é buscá-lo de todo o meu coração e com todo o meu entendimento e, quando eu fizer isso, Ele mesmo trará a fidelidade necessária pra uma vida cristã bem sucedida.

O Senhor me mostrou hoje que não depende de mim ser fiel, pois não sou capaz disso, por ter um coração corrupto e uma mente maliciosa; sou infiel, sou maledicente, sou glutão, arrogante, vingativo, insubmisso, não amo as pessoas e, infelizmente, gosto de ser assim. Mas a misericórdia do Senhor me alcança e o fruto da minha busca pode mudar esse coração que é tão mal e incapaz de fazer algo bom sem que seja completamente preenchido pelo Espírito Santo, que é verdadeiramente capaz de abrir a minha mente e me mostrar que, por mais que eu tente, ou ore, ou lute contra o pecado não sou capaz de dar um passo por mim mesmo.

O texto mencionado se refere a escolher a vida ou a morte, mas posso, sem sombra de dúvidas, responder que, se depender do meu coração, a minha escolha é a morte, pois tudo o que é mal, agrada esse coração enganoso. Mas em meio a essa pergunta, o que posso dizer é que escolho a vida, ou seja, nunca deixar de buscar o senhor, nunca achar que posso algo, nunca pensar que sou capaz. Só sou capaz de viver e prosperar em Cristo a partir do momento que entender que dependo do direcionamento diário do Senhor, pra ser fiel ou ser obediente à sua palavra.

Deus me confronta neste dia, pois me mostra que minha mente é restrita ao aprendizado de homens tão limitados quanto eu, homens que erram tanto quanto eu, homens que são tão infiéis quanto eu. Esse confronto cobra, tanto de mim quanto de você que está lendo esse texto, uma abertura de mente, não conquistada através da leitura de textos em um blog, mas uma abertura de mente conquistada através de um relacionamento com as escrituras de um Deus que espera sua leitura!

Concordo com o escritor Brennan Manning que disse que, se mantivermos a mente aberta como a de uma criança, poderemos desfiar as idéias estabelecidas e as estruturas rígidas que existem, incluindo as nossas próprias. Ele diz que, então, ouviremos pessoas de outras denominações e religiões e não encontraremos demônios em todas as pessoas que discordam de nós. Não mais nos aconchegaremos somente a quem fala o nosso jargão e, se nos abrirmos, não vamos mais recorrer a isto ou aquilo (criação ou evolução, liberdade ou lei, sagrado ou secular, Beethoven ou Madonna), mas sim permaneceremos focalizados em ambas as coisas, trocando o OU pelo E (criação E evolução e assim por diante), ficando então plenamente conscientes de que a verdade de Deus não pode ser aprisionada numa definição pequena. 

Temos nossa mente centralizada naquele que nos fortalece através de sua escritura!

BIO: Olá, meu nome é Juninho Porto, sou missionário da Jocum, na base de Almirante Tamandaré (Curitiba) PR. Sou de Barão de Cocais - MG / Twitter | Facebook

Obs: Para enviar textos para o "Post do Leitor", entre em contato através de:  http://www.juvemetodista.com.br/p/contato.html. Os textos enviados serão avaliados pela equipe e o autor será informado quando/se tivermos o interesse em postá-los. 

Todos os textos e imagens de JuveMetodistaBLOG são licenciados sob uma Licença Creative Commons. Clique aqui para saber mais sobre isso.
Leia também:
2leep.com
Deixe seu comentário!

Postar um comentário

Olá, ficamos felizes com sua visita no JuveMetodista BLOG! Obrigado por ler este post! Aproveite sua visita e deixe um comentário! Forte abraço!

Página Anterior Próxima Página